Connect with us

Gastronomia

Qual a carne mais cara do mundo?

Published

on

A carne mais cara do mundo é a carne de Wagyu, considerada uma verdadeira preciosidade e que não se compara a nenhuma outra. Embora seja cercada de lendas, o grande diferencial da raça Wagyu está na criação dos bois, que têm uma alimentação privilegiada com grãos especiais e vitaminas.

O estilo de criação também faz diferença, sendo que a criação dos Wagyu japoneses procura minimizar o máximo possível de estresse dos bois no ambiente e pouca movimentação.

A melhor carne do mundo tem como características a qualidade superior com marmoreio excelente, sabor mais suave e consistência suculenta que proporcionam uma degustação digna de nota 5.

A alta concentração de marmoreio é o principal atributo do Wagyu. Ou seja, é a gordura que fica entremeada à carne e fornece toda a sua suculência e maciez.

Aliás, a raça também possui maior predisposição genética para acumular o dobro ou mais de gordura.

A classificação da marmorização, que é chamada de BMS, deve ter de nível 6 para cima no Wagyu.

Uma carne com a qualidade máxima do tipo A5 deve ser avaliada com base nos critérios:

  • Intensidade do marmoreio;
  • Cor da gordura;
  • Cor da própria carne;
  • Tecido muscular;
  • Forma do músculo.

Não restam dúvidas de que degustar a carne Wagyu é uma experiência única para quem preza por um alto padrão de consumo e uma carne de procedência incomparável.

Qual a origem da carne de Wagyu?

De acordo com a Associação Brasileira dos Criadores de Bovinos da Raça Wagyu, a raça da carne de boi mais cara do mundo foi difundida no Japão por meio da península Coreana, por volta do século II.

O objetivo era fornecer tração para o cultivo de arroz e os primeiros bois da raça foram importados para a região de Shikoku.

Mas por causa da dificuldade de viagem no terreno montanhoso da região, a importação de gado era muito restrita e lenta. Os bois ficavam isolados em pequenas áreas e com pouca população.

Com o tempo, esse isolamento resultou em diferentes tipos do boi japonês. Apesar disso, a qualidade da carne de Wagyu permanece a mesma até hoje.

Vale mencionar também que a carne de Wagyu recebe o nome de “Kobe beef” devido à fama dos bois originários da cidade de Kobe, no Japão.

Isso começou na Segunda Guerra Mundial, quando soldados voltavam do Japão dizendo que haviam comido a melhor carne do mundo na cidade de Kobe.

Outra carne que vale a pena ser mencionada e elegida entre as mais caras do mundo é a carne Ozaki. A criação dos bois difere um pouco do Wagyu, mas também tem como principal objetivo a qualidade da carne com marmoreio elevado.

Saiba maisCarne de Wagyu japonês chega ao Brasil importado com exclusividade pela 481

Cortes especiais de carnes

Se não levarmos em conta a procedência e a raça do boi, mas sim os cortes especiais, então podemos montar uma lista de carnes mais caras.

  • Picanha;
  • Bife ancho;
  • Bife de chorizo;
  • Fraldinha;
  • Denver;
  • Flat Iron;
  • Maminha;
  • Ribeye Cap Steak (Filé de costela);
  • Tomahawk;
  • Porterhouse.

São cortes especiais de carnes premium que dão conta de um churrasco de primeira.

Quanto custa a carne mais cara do mundo?

Sendo a carne de boi mais cara do mundo, o Wagyu pode chegar ao valor equivalente a R$ 2,5 mil no Japão.

Já no Brasil, o preço do Wagyu varia de acordo com o corte do boi e a sua procedência, mas mais importante ainda é a gramatura da carne.

O ancho de Wagyu, por exemplo, pode custar entre aproximadamente R$500 e R$1.100, conforme a gramatura.

O preço do Wagyu se justifica graças a todo o processo de criação, maciez e sabor inigualáveis. Não é à toa que o próprio preparo da carne deve receber atenção especial.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Todos os direitos reservados © 2019 - MDO Produções