Connect with us

Saúde

Secretaria de saúde promove campanha para o Dia Mundial de Luta contra a AIDS

Published

on

Dia 1° de dezembro, é celebrado o Dia Mundial de Luta contra a AIDS. Esta data foi escolhida como forma de despertar a importância da prevenção e levar informações sobre a doença. Desta forma, o SAE (Serviço de Atendimento Especializado), está promovendo uma campanha para conscientizar sobre a infecção. 
Em Laranjeiras do Sul, 103 pacientes, sendo 59 homens e 44 mulheres. No ano de 2022, foram registrados 4 casos novos de HIV. Destes 3 masculinos e 1 feminino. Tivemos ainda 4 pacientes gestantes em tratamento antirretroviral, que foram acompanhadas durante todo período gestacional e receberam profilaxia ARV no pré-pacto.
Conforme a equipe do SAE, em Laranjeiras do Sul a campanha abordará o público de 15 a 45 anos. “Essa escolha foi feita considerando os dados epidemiológicos do município e o elevado índice de jovens que declaram não usar preservativo em todas as relações sexuais. Os objetivos da campanha são a desconstrução do preconceito sobre as pessoas vivendo com HIV/AIDS e a conscientização dos jovens sobre prevenção combinada”, esclarece o coordenador do Serviço de Atendimento Especializada da Secretaria de Saúde, Cristian Ricardo Pinto.
A prevenção combinada, de acordo com o Serviço de Atendimento Especializado, relaciona ações de prevenção ao HIV, apresentando a importância de se precaver das demais IST e hepatites virais. Esse tipo de prevenção traz ações combinadas levando em consideração as características individuais de cada pessoa.  AÇÕES EM LARANJEIRAS DO SUL Neste ano, o SAE amplia o acesso à testagem para a população de Laranjeiras do Sul. As ações da campanha serão realizadas ao longo do mês de dezembro, com o objetivo de abranger e informar o maior número de pessoas. Desta forma, no sábado, dia 3 de dezembro, das 8h às 12h haverá teste rápido para detecção HIV. O local é o SAE – Serviço de Atendimento Especializado, que fica em anexo na Secretaria de Saúde. Durante todo o mês de dezembro, nas Unidades de Saúde, teremos orientação e testagem rápida de HIV.
O público alvo da campanha de testagem rápida de HIV são os jovens e adultos, população de 15 a 45 anos. Serão ofertadas testagem rápida para HIV, sífilis, hepatites B e C. Além disso, serão fornecidos preservativos e orientações à população geral. Vale ressaltar que os testes são realizados individualmente e o sigilo do diagnóstico é preservado. Para fazer o teste basta levar um documento com foto. 
TransmissãoOs pacientes soropositivos, que têm ou não Aids, podem transmitir o vírus a outras pessoas pelas relações sexuais desprotegidas, pelo compartilhamento de seringas contaminadas ou de mãe para filho durante a gravidez e a amamentação, quando não tomam as devidas medidas de prevenção. Por isso, é sempre importante fazer o teste e se proteger em todas as situações.
Sintomas:-febre e calafrios;-suores noturnos;-feridas no corpo;-dor de garganta;-pescoço, axilas E virilha inchados;-infecção por fungos;-aftas.
O uso do preservativo (masculino ou feminino) em todas as relações sexuais (orais, anais e vaginais) é o método mais eficaz para evitar a transmissão das IST, do HIV/Aids e das hepatites virais B e C. Todas as pessoas diagnosticadas com HIV têm direito a iniciar o tratamento com os medicamentos antirretrovirais, imediatamente, e, assim, poupar o seu sistema imunológico. Esses medicamentos (coquetel) impedem que o vírus se replique dentro das células T CD4+ e evitam, assim, que a imunidade caia e que a Aids apareça.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Todos os direitos reservados © 2019 - MDO Produções